Despedimento livre para o stress | Saúde

Em 1 segundo

Solta palavrões

Sempre lhe disseram que estava errado, mas agora já podes soltar, sem arrependimentos, as maldições mais bizarras que lhe possam ocorrer. É a conclusão a que chegou um estudo realizado pela Universidade de East Anglia Norwich (Reino Unido). Cada vez que soltamos um praguejar, nós liberamos uma boa quantidade de adrenalina.

Isso sim, esqueça de mascullarlas entre dentes: de acordo com esta pesquisa, os tacos só funcionam como calmantes se soltam ao grito pelado.

Em 5 segundos

Sirva-se de uma boa ração de Omega-3

O doutor Jorge D. Pamplona, autor de Saúde pelos alimentos e seu poder de cura (Editorial Safeliz), afirma que estes benéficos ácidos “fazem parte das membranas dos neurônios, que são absolutamente necessários para assegurar o seu bom funcionamento”.

Indo mais além, uma pesquisa da Universidade de Pittsburg (Estados Unidos) assegura que as pessoas com um nível elevado de ácidos graxos Omega-3 são menos impulsivas e nervosas… e mais felizes. O Que e onde você pode encontrá-los? O atum, o salmão, a cavala ou as sardinhas.

Em 10 segundos

Come chocolate (preto)

Um clássico capaz de substituir o sexo… e, além disso, acalmar o seu estado de espírito. Por quê? Segundo Eduardo Angulo, doutor em biologia celular e professor da Universidade do País Basco, “em estados de estresse crônico são liberados hormônios que aumentam a ansiedade, o que implica uma nova secreção de substâncias, e a entrada em um círculo vicioso, que podem parar os alimentos muito energéticos, como o chocolate”.

Se quiser fazer suco, opta sempre pelo preto. De acordo com um estudo publicado no Proceedings of the Nacional Academy of Sciences, contém flavonóides, potentes que lhe plantam face ao stress.

Em 1 segundo

Solta palavrões

Sempre lhe disseram que estava errado, mas agora já podes soltar, sem arrependimentos, as maldições mais bizarras que lhe possam ocorrer. É a conclusão a que chegou um estudo realizado pela Universidade de East Anglia Norwich (Reino Unido). Cada vez que soltamos um praguejar, nós liberamos uma boa quantidade de adrenalina.

Isso sim, esqueça de mascullarlas entre dentes: de acordo com esta pesquisa, os tacos só funcionam como calmantes se soltam ao grito pelado.

Em 5 segundos

Sirva-se de uma boa ração de Omega-3

O doutor Jorge D. Pamplona, autor de Saúde pelos alimentos e seu poder de cura (Editorial Safeliz), afirma que estes benéficos ácidos “fazem parte das membranas dos neurônios, que são absolutamente necessários para assegurar o seu bom funcionamento”.

Indo mais além, uma pesquisa da Universidade de Pittsburg (Estados Unidos) assegura que as pessoas com um nível elevado de ácidos graxos Omega-3 são menos impulsivas e nervosas… e mais felizes. O Que e onde você pode encontrá-los? O atum, o salmão, a cavala ou as sardinhas.

Em 10 segundos

Come chocolate (preto)

Um clássico capaz de substituir o sexo… e, além disso, acalmar o seu estado de espírito. Por quê? Segundo Eduardo Angulo, doutor em biologia celular e professor da Universidade do País Basco, “em estados de estresse crônico são liberados hormônios que aumentam a ansiedade, o que implica uma nova secreção de substâncias, e a entrada em um círculo vicioso, que podem parar os alimentos muito energéticos, como o chocolate”.

Se quiser fazer suco, opta sempre pelo preto. De acordo com um estudo publicado no Proceedings of the Nacional Academy of Sciences, contém flavonóides, potentes que lhe plantam face ao stress.

Em 30 segundos

Relaxe com a acupressão

Kate Moss, Eric Clapton ou Cher são fiéis seguidores desta técnica, que atua diretamente sobre o sistema nervoso, muscular e circulatório.

Se quiser fazer parte de tão seleto clube e diminuir o seu estresse em 39%, segue o conselho de pesquisadores da Universidade Politécnica de Hong Kong: masajéate a parte carnosa que há entre os dedos polegar e índice (hoku) durante 30 segundos.

Em 1 minuto

Curva do seu corpo

O estresse costuma ensañarse com as costas. Se você acumulou toda a tensão nessa área, teste a deitar formando um ângulo de 135 graus, e segure a posição por um minuto.

Segundo se deduz de um estudo elaborado pela Universidade do Hospital de Alberta (Canadá) é a forma mais rápida de relajarla.

Em 3 minutos

Ouvir uma canção

De acordo com um estudo elaborado pela Logitech, 75% dos trabalhadores europeus considera que a música ajuda a relaxar e a se concentrar.

Por que estilo você deve optar? Se você fizer caso de as estatísticas, por pop: um mini-64% dos entrevistados preferir.

Em 5 minutos

Mata marcianitos

Os jogos não são apenas coisa de crianças. Um grupo de pesquisadores da Universidade de Loma Linda, Califórnia (EUA) confirmou o que muitos já suspeitávamos: passar um bom tempo matando marcianitos diminui os hormônios do estresse , como o cortisol e a adrenalina) em 58%.

Em 8 minutos

Confira sua situação financeira

Um pouco de mãos dadas com a calculadora pode te salvar de mais um dia de ansiedade. Por se fosse pouco, vários estudos são unânimes em afirmar que, se não temos claro o dinheiro que temos, podemos chegar a gastar até 35% a mais do que o necessário.

Em 10 minutos

Acaricia a tua mulher

Irá segregar oxitocina e serotonina (hormônios da felicidade), a mãos cheias, e diminuir os níveis de cortisol (substância responsável pela ocorrência do estresse). Se quiser que este efeito se perpetue, segue o conselho de Olhar Larrazábal, sexóloga e diretora do Instituto Kaplan de Psicologia e Sexologia de Madrid: “Tenta manter uma sexualidade plena e prazerosa; não só irá manter a calma ao estresse, mas que você terá um invejável equilíbrio emocional”.

> E além disso…

O stress? Pois sorria, por favor!

Ri a consciência. Não serve de nada o sorriso de compromisso, lança-te uma boa risada e alejarás a tensão de sua vida. Esta é a conclusão a que chegou um estudo da Universidade de Kansas (EUA)

Uma sonora e sincera risada reduz o ritmo cardíaco muito mais do que uma em que apenas movilizas as comissuras. Os pesquisadores concluíram que sorrir em situações de estresse (como em um congestionamento) ajuda
para lidar com essa situação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *